sábado, 19 de março de 2016

Có-có-ró-có-có, arrebita a crista o galo vaidoso...



       Olá!


       Os despertares urbanos caracterizados pelo som estridente do relógio e pelo ruído dos automóveis, são completamente diferentes dos despertares no campo. Aqui, é o galo da capoeira com hábitos diurnos muito próprios - teima insistentemente em dormir e acordar cedo- que canta a plenos pulmões ao raiar do dia, para avisar não só o galinheiro de que é ele o rei da capoeira, mas também para me lembrar de que são horas de acordar... O meu galo, tem assim uma espécie de relógio biológico, que nunca se atrasa nem adianta.  E é ao som deste animal heráldico, que o dia começa por aqui, como que a lembrar que são horas de preparar a Primavera! A pensar nisso, a Revista Jardins traz este mês dicas preciosas para levar a cabo nesta época. Não deixem de ler.

     E já que falamos de galináceos...

   








     Ao rei da capoeira e ao chá servido em loiça italiana-  caneca da colecção nostalgie  da prestigiada marca easy life design, e que tem tudo a ver com o campo, juntaram-se as amêndoas da Páscoa, e deliciosos biscoitos de chocolate, permitindo criar um ambiente rústico natural.
      Há quem pense que no campo é tudo muito simples e campestre... Pois digo-vos que não obstante esse lado campestre/simples, isso não impede que possamos dar um toque chique e até sofisticado a qualquer momento do dia. Cá para nós, parece mesmo que a  moda agora é o tal rústico chique (ou rustic chic, como preferir...), traduzindo-se no verdadeiro in do momento!! Então não é que afinal estou mesmo na moda?!






     Bom fim de semana, e não se esqueçam de o adoçar com muitas amêndoas, algumas rusticidades e uma mão cheia de manias!

     Uma Santa Páscoa para todos!



     Manuela

25 comentários:

  1. Bom fim de semana Manuela. Como sempre com este bom gosto, mesa linda e super criativa. Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Pois sim estas muito na moda!!
    O galo 'e um rei, os ovos são primaveris e os bolos são de babar:) :)
    Um excelente fim de semana e um grande beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  3. Eu cá sei bem que amêndoas estão a adoçar o meu fim-de-semana! ;) Deliciosas e num "contentor" lindo. Obrigadíssima de novo - por mim e pela Miú Primeira!
    Entretanto, belos vermelhos estes, dos galos e das gerberas. E quer-me parecer que já ouvi falar desse galo-despertador também...
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  4. Ola Manuela,
    a lovely teacup and such nice flowers.
    Nice greetings,
    Christine

    ResponderEliminar
  5. Belo post muito elucidativo à época que nos encontramos.
    As loiças são uma beleza e as fotos a que sempre nos habitou são um encanto do seu recanto, Parabéns Manuela.
    Uma Santa Pascoa.
    Bjs um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  6. Como sempre lindas fotos.
    Eu tenho a sorte de morar no meio de prédios mas ainda ouço um galo e o som alegre dos pássaros logo de manhã.
    Linda louça.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  7. Os galos daqui já estão desorientados, cantam em horários confusos. Acho que a iluminação e sons da cidade deixaram eles desorientados (tadinhos).
    Mas você está na moda mesmo rss. Adorei a sua louça e decoração.

    Beijos
    Thaís Xaiver

    ResponderEliminar
  8. Que delícia de imagens cheias de luz e carregadas de inspiração. Boa semana minha querida, beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Olá Manuela que galo tão catita!! Por aqui foi um fim de semana de chuva e nada lembra a Primavera.... beijinhos e que venha o sol e as flores!

    ResponderEliminar
  10. Olá Manuela, eu já me ando a desgraçar com as amêndoas e afins de chocolate :-) Esta época é de verdadeira gulodice. A caneca do galo é muito bonita e o tal toque rustic chic se está na moda não sei, mas assenta-lhe na perfeição. Gosto do que vejo. Beijinhos e se não passar cá entretanto, aproveito para lhe desejar uma boa Páscoa para todos os seus.

    ResponderEliminar
  11. Eu acho lindo o cantar do galo mas... por vezes ponho-me a pensar se aguentaria o seu canto todas as madrugadas... eu, que tenho como maior sonho ir morar para o campo! Também acho muito bonito o sino nos campanários das igrejas. Mas lembro-me de uma semana que passei, num sítio lindo mas com a torre da igreja a poucos passos da casa onde fiquei e... acordar de 15 em 15 minutos com a estridência do sino, foi desumano! :)) Enfim, tudo muito bucólico, muito paradisíaco, mas quando chega a hora da soneca, o melhor é trancar-me numa caixa forte! Àparte isso, acho encantador a Manuela ter um galo como despertador e adoro o seu charme rústico, simples e chique! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  12. Oh Manuela que este blog tem muito de rustic chic tem sim senhor .E é o meu meu estilo favorito.
    Adoro cor e conjugar com o campo e a rusticidade é perfeito.
    Como sabe não vivo no campo mad adiro o estilo rustic chic.
    Adoro a sua louça com os gallos e até consigo imaginar o cocorocó.
    Boa semana
    Bjs
    Lulu

    ResponderEliminar
  13. Olá Manuela,

    Adoro suas mesas, repito, hoje digo que é uma das minhas favoritas, é tão adoravelmente laranjada!!!

    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Que máximo :)
    Acho que deve ser tão bom conviver assim tanto com a Natureza!
    Sempre loiças criativas e giras!
    Belo galo e belas cores! Cheira a primavera.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  15. "Palram pega e papagaio.
    E cacareja a galinha..." tanta cor e movimento.
    Manuela, continua a ser encantador vir atá aqui. É um deslumbramento de cor e bom gosto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Adoro acordar com o galo!
    E desde que venho aqui, você está sempre na moda ;)

    ResponderEliminar
  17. Olá Manuela,
    As imagens são inspiradoras!
    Boa semana e uma Santa Páscoa!
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  18. Adorei o post, que fotografias lindas.
    Boa Páscoa
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  19. Olá Manuela, adoro esta tua mesa cheia de galináceos. A loiça é linda e as cores soberbas, a chamarem fortemente o sol e a luz da primavera. Como se já não bastasse tudo isso, ainda arranjas umas amêndoas a condizer. Só tu rapariga!! beijinhos e uma Páscoa Feliz!

    ResponderEliminar
  20. Acordar dessa maneira, Manuela, é de ficar alegre o dia todo! Confesso que existem dias em que gostaria de ter um galo em meu jardim, bem melhor que o despertador...Beijo!

    ResponderEliminar
  21. Nosotras nunca nos hemos despertado con un gallo, Manuela... Pero nos encantaría tener esa experiencia algún día. Ya está aquí la primavera, y tus bonitas imágenes son perfectas para inaugurar esta estación.

    Besos mil de las dos

    J&Y

    ResponderEliminar
  22. Manuela, querida, seu estilo, com galo ou sem galo, é um deslumbre sempre! O mais lindo presépio que vi até hoje foi aquele seu à beira do córrego!!! Essa sua louça é linda e realmente as cores são lindas, como sempre vemos por aqui! Amo galos e galinhas e até já bordei um tapete com um galo, plantas e um sol (peguei o galo de um desenho e fui criando o cenário do meu jeito!!!). A maioria das casas que conheci tinha um panô com um galo na parede (eu também tive um desses), vindo mesmo de Portugal! E se vê por aqui um galo de cerâmica nas casas. O galo é, como você mesma disse, heráldico, e seu símbolo remete a um novo dia, e por extensão, a Jesus. Na minha cozinha tenho uma linda galinha de cerâmica vitrificada super colorida que se move se você mexer nela! Dei-lhe até um nome! Já tive casa com galinheiro e também no sítio, mas acho que um galo hoje na cidade poderia ficar neurótico e achar que o raiar do dia é toda hora (tadinho). Minha querida, desejo a você e à sua família uma bela Páscoa! Beijinhos, fico sempre muito feliz e animada quando passo por aqui, Tereza M.

    ResponderEliminar
  23. Pessoalmente, adoro galos e galinhas, em termos decorativos. Acho-lhes imensa graça, assim como a essa loiça giríssima. Quanto ao rústico, concordo inteiramente que só é interessante sendo chique.
    Um beijinho, Manuela.
    Nina

    ResponderEliminar
  24. Eu tenho o antigo livro da primeira classe dos meus pais. E adorava ler o texto que o título desta publicação fala :)

    Sónia

    ResponderEliminar