sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Póneis e ovelhas

Olá!




   Para muitas crianças que vivem na cidade, os animais que normalmente vivem no campo  são uma verdadeira incógnita!  As crianças citadinas sabem tudo sobre os últimos  jogos de computador, personagens da banda desenhada, marcas de carros, nomes de jogadores de futebol...Mas se lhes for pedido para desenharem uma galinha, uma ovelha, uma vaca  a coisa não é assim tão fácil, e o desenho surge com contornos de bonecos de banda desenhada...   Falar com algumas destas crianças sobre animais comuns é para elas algo estranho... como vão elas saber que as ovelhas têm lã? Ou que as galinhas não são aqueles frangos depenados que compramos no supermercado? Para estas crianças, os animais que vêm nos desenhos animados são bem mais reais do que estes... Se isto é importante? Sem dúvida que sim! As minhas crianças cresceram com  animais por perto... gatos, cães... e isso tornou-as mais responsáveis, e sobretudo aprenderam a dar mais valor a tudo que as rodeia!! É importante que as nossas crianças saibam de onde vem o leite, de onde vem a lã da sua camisola... 

   Já aqui mostrei alguns dos animais que tenho na quinta, hoje mostro outros, em imagens de arquivo que guardo no álbum de recordações... Apresento-vos,

   O Lord e a Lady!
  Os póneis que acompanharam as traquinices das minhas crianças...




  Os póneis são uma espécie de cavalos em miniatura, e são a versão reduzida dos puro-sangue. O seu tamanho não se deve a nenhuma anormalidade da espécie, são uma verdadeira raça!



   Estes eram muito dóceis, muito inteligentes, carinhosos, com uma certa dose de traquinice... Relacionavam-se muito bem com as crianças, e gostavam de andar atrás nós!



   Estes são a Dolly e Lucky! O casal de ovelhas mais ternurento e simpático que já tivemos! A Dolly já teve alguns filhotes quase na nossa presença... 



   Muito meigos, impossível não gostar deles! Ensinaram às minhas crianças o significado de "cuidar" ....



   Incentivem os vossos filhos a gostar de animais, a cuidar deles... certamente que se tornarão adultos mais responsáveis! Manias?! Talvez... com certezas adquiridas pela experiência!



   Um bom fim de semana!



  Um abraço!

61 comentários:

  1. Olá Manuela,
    Mais uma vez, fotos que falam!
    Adorei os póneis, coisas mais lindas!!! Acho maravilhoso cada animal ter o seu nome, que delicia!!!!
    Como já deve ter percebido no meu blogue, tenho uma casinha de campo, (que infelizmente não utilizo tanto como gostava, muito devido à vida profissional do meu marido neste momento) cada vez que vamos lá, faço questão de passear pelas casas vizinhas que têm animais para que os meus tesouros possam conviver com eles, perceber que os ovos não vêm das caixas do híper mercado que o leite não vem dos pacotes tetra pack, transmitir-lhes que a natureza é maravilhosa e que até os animais que se matam para comer, devem durante a sua vida serem respeitados.
    E a prova de que faz a diferença é que na escola do tesourinho, a educadora perguntou: - De onde vem o leite? um colega respondeu: - Do Jumbo! Resposta rápida do tesourinho: Hi, nem vem! Vem das cabras da tia Maria!!!! :). A tia Maria é uma senhora que visitamos quando vamos à nossa casinha de campo que tem imensos animais com quem eles brincam e alimentam, passam horas com ela e a quem faço questão que os tesouros levem sempre alguns bens alimentares que a terra não dá! A partilha, é para mim muito importante!
    Um grande beijinho e um excelente fim de semana para si Manuela,
    MJ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Maria João! Já vi que os seus tesourinhos são parecidos com os meus:) Gostei da resposta que o seu pequerrucho deu na escolinha... Certamente que a tal tia Maria nunca será por ele esquecida... e o significado da resposta dele resume aquilo que eu acabei de descrever neste post! Um bom fim de semana! Beijinhos.

      Eliminar
  2. Querida Manuela,

    Os seus animais são tão fofinhos. Até posaram para a foto e tudo (principalmente as ovelhas). Não há nada melhor que a vida no campo!!!

    http://blogmacaecanela.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá maninhas! Concordo convosco... a vida no campo é maravilhosa! Bom fim de semana, beijinhos para as duas.

      Eliminar
  3. Que fotos maravilhosas e ternurentas! E que privilégio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Obrigada! É sim um privilégio... pena que seja só durante o fim de semana:) Bom fim de semana para si!

      Eliminar
  4. Que encanto Manuela! Póneis, ovelhas, uma quinta, está no meu imaginário desde criança... :)
    É sem dúvida importante, os meus filhos cresceram nessa realidade, nessa liberdade!
    E por falar nisso, está decidida uma ida ao Norte, Aveiro, Porto, Barcelos e Viana do Castelo, num fim de semana que vamos prolongar prós fins de Março... anda aí por perto? Convidava-a para um café...a si e à Evelyne se também por aí residir :)
    Beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresinha, não se esqueça de me avisar! Gostaria muito de a ver por cá, e tenho a certeza de que a minha amiga também se juntará a nós! Fico a aguardar...Bom fim de semana, beijinhos:)

      Eliminar
  5. Olá Manuela,

    O meu filhote fez 2 anos e eu e o meu marido já combinamos esta primavera irmos dar um passeio ao jardim zoológico para ver os animais :-) Porque ele adora animais, já sabe como faz a galinha, o cão, o porco... Gosta muito de nos meus sogros ver as galinhas, os coelhos, o porco, o cão, gosta de ir para cima do tractor e eu gosto que ele goste porque é saudável!... Sim, acho importante conviver com animais até para não ser medricas (como eu) que nunca fui muito habituada! Mas infelizmente na cidade há muitas poucas possiblidades de ver animais ao ar livre, e só temos as opções dos jardins zoológicos, de alguns parques biológicos e isso... Mas claro que é sempre melhor isso! E as crianças adoram e estas idades são giríssimas porque eles abosorvem os conhecimentos todos :-)
    Os seus animais são lindos... Os seus filhotes devem ficar encantados de poder conviver assim com animais no campo :-)

    Beijinhos***
    joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joaninha! O seu filhote está na idade da descoberta, de assimilar e reter tudo aquilo que vê! E ensiná-lo a gostar de animais não depende de viver no campo ou na cidade, depende da postura e atitude dos papás!! Mas já deu para perceber que a Joana pensa da mesma forma que eu! Os meus filhos gostam muito de animais, e tratam-nos com o respeito e carinho que eles merecem... Quando tinham a idade do seu filho, e quando regressavamos à cidade, era um drama! Queriam trazê-los com eles! Mesmo agora que já são mais crescidos, durante a semana têm sempre o cuidado de irem ver como eles estão...Um grande beijinho para si, bom fim de semana!

      Eliminar
  6. O meu filho de certeza que gostaria de andar por aí perto deles. Ele adora animais.

    Gostei muito de os ver.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anabela! tenho a certeza que sim... que bom! Bom fim de semana, beijinhos.

      Eliminar
  7. Manela, que maravilha essa postagem, beleza pura, amei as fotos, as palavras e olhei varias vezes, encantadores. beijos querida, um lindo final de semana prá ti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Eva! Que bom vê-la por aqui! E ainda bem que gostou:) Fico muito feliz... Bom fim de semana também para si, e um grande beijinho!

      Eliminar
  8. Olá Manuela, que imagens maravilhosas, sem dúvida que é um privilégio uma criança poder ter acesso a estas coisas tão importantes para a sua educação e formação como ser humano. Tenho para mim, que cumpri a minha parte como mãe neste aspecto, apesar de não ter quinta. Desde bem pequenino levei o filhote ao Zoo imensas vezes e a todos os espaços disponíveis nesta área, como a quinta pedagógica nos Olivais. Na terra do meu sogro, uma aldeia no Sardoal, perto de Abrantes, também tivemos a feliz oportunidade de vêr uma cabrinha a nascer. Boas recordações que nos enriquecem de maneira muito especial para toda a vida.
    Abraço
    Lisete

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lisete! As suas palavras vão ao encontro daquilo que eu penso... o respeito pela natureza, pelos animais, não depende de viver no campo ou na cidade, como eu dizia à Joaninha do blog "A comida da vizinha", isso depende da atitude dos Pais! As crianças são o reflexo das aprendizagens que adquirem e nós somos para eles o exemplo a seguir! Mas fico feliz que tenha gostado das imagens! Um bom fim de semana para si! Um grande abraço!

      Eliminar
  9. Que imagens tão inspiradoras ,lindo esse seu cantinho .
    Que sortudos os seus filhos poderem vivenciar isso tão perto ,os poneis são tão lindos .
    Achei engraçado o facto de uma das ovelinhas ter omesmo nome da minha cadela LUCKY(uma cocker spaniel que infelizmente já não está entre nós )
    A filhota é da cidade ,mas sempre que posso levo a para meio da natureza .
    Acho importante eles saberem de onde vem as coisas e sabe sempre tão bem estar no campo .
    Vivo na cidade ,mas a verdade é que do mar á serra cá na ilha são 15 minutos ,logo sou uma sortuda.
    Manuelita um bom fim de semana
    bj mt grande
    Lulu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Lulu, obrigada! No sitio onde vive, a sua filhinha também é uma criança com muita sorte! Aí, tem a melhor experiência de vida que se pode desejar... viver perto da natureza e perto do mar, é a cereja no topo do bolo! Se pudesse também eu queria ter o mar sempre por perto!! Talvez por isso, que uma vez por ano, tenho de ir para Açores! Quem vive nas ilhas, tal como a Lulu, sabe daquilo que eu estou a falar... Um grande beijinho! Bom fim de semana...

      Eliminar
  10. Que suerte tienen tus hijos de disfrutar esta vida tan campestre!
    Feliz finde!
    Besos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá meninas! É mesmo uma sorte! Bom fim de semana:)Besitos para ambas!

      Eliminar
  11. Nada más lindo Manuela que los niños estén en contacto con la naturaleza ., y que suerte tiene usted de poder disfrutar de esos hermosos parajes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Angélica! è mesmo uma sorte! Mas sei que os seus filhos também disfrutam da natureza!! A sua casa de veraneio, no meio da natureza é encantadora! Besos!

      Eliminar
  12. Crianças que possam estar em comunhão com a natureza são umas sortudas Manuela! Lindas as imagens e os animais com nomes tão bem imaginados! a ovelha Dolly, um clássico! Bj e bom fim de semana ( na natureza)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Val! São mesmo sortudas! Claro que à medida que vão crescendo, começam a preferir programas mais citadinos, mas ainda nunca deixaram de gostar destas coisas simples! Vamos esperar que se mantenham assim:) Bom fim de semana também para si! O meu vai ser no meio de uma natureza um pouco diferente: estou de partida para o Douro,,, Bjs

      Eliminar
  13. Eres muy afortunada de vivir en el campo rodeada de naturaleza y animales, para mí que soy de ciudad, me parece un paraíso!!!
    Buen fin de semana

    ResponderEliminar
  14. Olá Vicky! Tenho muita sorte de facto! Ainda bem que gostou! Bom fim de semana, Beijinhos!

    ResponderEliminar
  15. Oi, Manuela, o contato das crianças com os animais os ensina muito a respeito da vida. Infelizmente, a maioria das crianças perderam completamente o contato com a natureza de um modo geral, chegam a ter receio de andar descalças na grama.Uma grande pena! Que lugar incrível e os bichinhos são um encanto.Meu pequeno se esbaldaria aí. Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Concordo consigo, ainda bem que pensa dessa forma! Tenho a certeza de que o seu pequerrucho ia gostar! Obrigada! Beijinhos, bom fim de semana

      Eliminar
  16. Manuela, querida!

    Que lindas imagens! Parabéns!
    Coisas de campo, de ar puro, de verde!
    E as ovelhas... Amei demais!

    Beijo no coração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Fico contente que tenha gostado...bom fim de semana! Bj

      Eliminar
  17. Oi Manu,
    Queria muito que meu filho pudesse conviver com animais de fazenda, eu adoro!
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá. Nina! Tudo bem? Ainda bem que gosta! E o seu filhote iria também gostar..... bjos

      Eliminar
  18. Oi, Manuela, amei ver seus bichinhos! Quando eu era pequena, no sítio de meus pais tinha cavalos; meu pai tinha dois e eu tinha um, o Pequira, que era um cavalo de porte menor, mas não era de raça, não. Desde cedo vivi convivendo com galinhas, perus, patos, marrecos, cavalos, ovelhas, e sempre com cachorros perto de mim, bem perto. Gatos só tive num breve período mas eram da minha mãe. Hoje tenho dois cachorros e vários passarinhos que aqui vêm visitar todos os dias. Tenho dois mamoeiros que são para os micos e os Bem-te-vis e os sanhaços. Meus filhos cresceram com um pouco disso também, mas não tanto. Hoje por aqui há hotéis-fazendas que servem para isso mesmo: fazer uma iniciação da criança com a vida no campo, com a natureza. Em São Paulo íamos a um safári, um tipo de um parque grande, onde os leões até ficavam em cima dos carros. É claro que as crianças morriam de medo mas adoravam! O respeito tem mesmo de ser para com tudo: até para se tirar uma flor/folha do galho é bom permitir permissão. Isso aprendi com minha avó portuguesa que fazia chás que curavam quase tudo. E ela também conversava com as plantas e ensinou à minha mãe que planta tem frente e costas e para ela ficar sempre bonita tem que se girada para acompanhar a luz do dia e da noite e do Sol e da Lua! !!! Beijinhos, Tereza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tereza! Tanta coisa que temos em comum!! Mas esclareça-me o seguinte: o que são os mamoeiros, micos, Bem-te-vis e sanhaços? Fiquei curiosa! A sua avó portuguesa era uma Senhora sábia, sem dúvida! E esse ensinamento de que a planta tem frente e costas já valeu o meu dia!! Sabe que nunca tinha pensado nisso? Depois disto, as minhas plantas vão ser cuidadas de outra forma! Muito melhor... Beijinhos!

      Eliminar
    2. Manuela querida, mamoeiros são pés de mamão, uma futa muito gostosa daqui. E os mamoeiros crescem sem eu mesma nem querer e aí não os retiro mais, deixo-os brincando com o paisagismo do meu jardim (270m). E não os retiro porque eles alimentam os micos (uns macaquinhos pequeninhos e abusados. Se você deixar eles entram na cozinha e derrubam e comem tudo. Aqui eu nunca dei comida para eles a não ser as frutas que estão nos pés e eles colhem, como fazem com os mamoeiros. Bem-te-vis e sanhaços são pássaros grandes, que nem do tamanho de pombos, e se alimentam de frutas também. Agora tenho um abacateiro num canto, plantei um pé de louro, um de limão siciliano, tenho minha hortinha em vasos e estou para plantar um pé de amora, um pé de goiaba, um pé de romã, e um pé de jabuticaba e mais o que me der na telha!!! Esqueci de dizer que tenho uma bananeira bem pequenina mas que dá cacho grande, uma belezura!!! É, minha avó era sábia, minha mãe acabou ficando e eu tenho chances, não é mesmo??? Beijinhos, Tereza.

      Eliminar
  19. Olá Manuela, as suas crianças são umas privilegiadas. Poder conviver assim com a natureza tão de perto é sem dúvida espectacular.
    A minha filha é uma menina da cidade, mas sempre adorou animais, por isso sempre que podia levava-a a parques onde ela pudesse vê-los de perto. Cabe aos pais e educadores, dar a conhecer os benefícios que estes seres nos dão. E explicar ás crianças o quão importante é respeitar a natureza e animais, para que se tornem adultos responsáveis. Não tenho problemas nenhuns quanto a esse aspecto, pois a minha menina , com os seus 15 anos é toda ambientalista e se pudesse ajudava todos os animais abandonados. Nem pode ver certas coisas que dizem respeito a maus tratos de animais , pois fica logo uma fera.
    Quanto ao seu post, estão aqui umas lindas fotos como sempre. Obrigada por partilhar com todas nós. Beijinhos, Lenny!

    ResponderEliminar
  20. Olá Helena! A tua filhota, é uma verdadeira mulherzinha na verdadeira acepção da palavra, e com "M" maiúsculo! É muito raro encontrar adolescentes com esse lado ambientalista e com sentido de responsabilidade pelo meio que os rodeia... Mas concordo contigo, isso depende de nós pais, e como muito bem referis-te, os educadores também desempenham aqui um papel muito importante! Uma boa semana,beijinhos!

    ResponderEliminar
  21. Olá Manuela,
    Que privilégio ter uma quinta com animais para desfrutar com a família e amigos!!!
    Infelizmente o meu filho é daqueles meninos citadinos, que só viu animais no Zoo, no Badoka Park e pouco mais... Mas eu esforço-me para que ele seja responsável com a natureza, com os animais e não só... Vidas diferentes... proporcionam experiências diferentes...
    Obrigada pela partilha e votos de uma boa semana, também para si!
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Silvia! Gostei do seu comentário:) E o importante é isso mesmo: é que ensine ao seu pequenino o sentido da "responsabilidade", seja para com a natureza, os animais e não só... como muito bem diz! O resto são pormenores... Um grande abraço para si, bem haja!

      Eliminar
  22. Manuela concordo com o seu texto, as crianças em grandes centros urbanos não estão habituadas a ver animais e por isso nem os relacionam com os alimentos que consomem... é triste, as escolhas e os país deviam tentar passear com eles no campo em vez de estarem tardes e tardes no centro comercial como vi ontem...
    E os seus animais são lindos, as ovelhas um amor certamente! :)

    Santi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe que entendo exactamente aquilo que diz? Fico contente que tenha gostado dos meus "bichinhos":) Obrigada, beijinhos!

      Eliminar
  23. Olá Manuela.Muito obrigada pelas suas partilhas.
    Um forte Abraço.
    (continuo a acreditar que o melhor está para chegar...)
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria! Há muito tempo que não a via por aqui! Que bom que a vejo... e é sempre bom pensar dessa forma:) Um grande abraço para si, e obrigada por ter regressado!

      Eliminar
  24. Olá Manuela que lugar lido e agradável, são lindos os pôneis, imagino a alegria das crianças com esses animaizinhos, realmente as crianças de hoje em dia não sabem o que é tratar uma galinha, andar a cavalo, pena mesmo porque são coisas inesquecíveis e maravilhosas. beijus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Gabi! Concordo plenmaente consigo:) Ainda bem que pensamos da mesma forma! Beijinhos!

      Eliminar
  25. The ponies look really sweet Manuela!

    Wishing you a happy week!

    Madelief x

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Helllo Madelief! Thank you so much! Have a nice week, hugs!

      Eliminar
  26. Cresci no campo e não há educação melhor.

    Fotos muito boas e postagem linda.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Então deve ser por isso que escreve tão bem! Gosto muito do seu blog! Beijinhos!

      Eliminar
  27. Manuela, estas fotografias estão belíssimas, com uma luminosidade única! Que quinta maravilhosa a sua! E, ainda por cima, com estes fantásticos exemplares do reino animal... Tenho a certeza de que conviver com os animais é o primeiro passo para os nossos filhos aprenderem a respeitá-los e a dar valor à natureza,a os seus ritmos e aos seus elementos.
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Miú! Sabe, nos tempos conturbados que atravessamos, julgo que é importante valorizarmos outro tipo de vida... Beijinhos!

      Eliminar
  28. Um privilégio viver e crescer num espaço assim e com tais companheiros de brincadeiras...belas imagens que correspondem por certo às mais belas memórias ...Infelizmente nem todas as crianças têm essa possibilidade...eu tenho tentado que as minhas embora vivam na cidade vão tendo contato com as outras realidades e o campo com os seus mistérios tem-lhes proporcionado as mais fantásticas aventuras! Obrigada querida Manuela pela maravilhosa partilha!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, eu é que agradeço! Eu sei que as suas crianças têm uma Mãe atenta!! O seu novo blog é a prova disso mesmo! Este fim de semana vou mostra no blog a sua laranja cristalizada! Beijinhos

      Eliminar
  29. Que encanto, Manuela! Uma infância no sítio (quinta), em contato com os animais e a natureza é um privilégio e uma maneira agradável de ensinar às crianças a valorização do simples e o respeito à Natureza! Amo os seus posts e, embora não comente em todos eles, acompanho sempre o seu blog! É uma visita agradabilíssima para os meus olhos e para o meu coração. Muitos beijos, Renata.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Renata, que prazer! Muito obrigada pelas suas visitas e fico muito feliz que goste destas "manias" portuguesas! Beijinhos

      Eliminar
  30. Querida Manuela, não poderia concordar mais consigo! Os seus animais são lindos e não resisto às ovelhinhas. Também eu, que estou a embarcar na aventura do campo, carrego comigo o sonho de os ter. Para um futuro próximo, penso que seja possível ter galinhas (acho os ovos um dos alimentos mais bonitos!) e depois quem sabe, uma ovelha! Mas para já, vou-me contentando com os passarinhos à nossa volta, que são muitos e nem eu sabia que havia tantas espécies por aqui. Uma verdadeira maravilha, uma sinfonia cheia de verdadeira sabedoria. Sem dúvida, tudo o que a natureza nos dá, dá com generosidade, basta estarmos atentos. E isso tem influência no nosso crescimento como seres humanos, daí que para mim tenha sido tão importante ter crescido no campo e tente transmitir isso ao meu filho. E ele, também sem dúvida, adora e usufrui. E percebo como ele e os amiguinhos têm mais apetite, imaginação e liberdade no meio do campo e dos animais. Lindo, tudo isto! Obrigada pela sua partilha. Um beijo para si e afagos nos seus bichos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida, o seu comentário resume tudo aquilo que eu penso! E pense um dia ter as suas ovelhinhas: elas não dão trabalho nem despesa! Comem erva, e só precisam de ter um sitio sequinho para dormirem! As galinhas também são uma mais valia, e as crianças depressa adquirem o vicio de passar no capoeiro a todo o instante para ver se a galinha já pôs mais um ovo! Ah! Ah! O meu pequerrucho não troca isso por nada! Muito obrigada pela sua presença amiga, e vamos falando sobre as nossas aventuras no campo!

      Eliminar
  31. Olá Manuela!!
    Muito importante o que disse..é necessário que as crianças possam ter mais contato com a natureza e os animais, acredito também que para sua formação e educação é importante esse contato.
    Lindos animais e paisagem!!
    Abraços,
    Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandrinha, é isso mesmo:) Obrigada, bom fim de semana!

      Eliminar
  32. Olá Manuela
    LINDO, LINDO ADOREI
    Oh Manuela este post fez-me andar tantos anos para trás!!!
    Como sabe cresci no campo, tivemos (os meus avós) sempre animais, andei de cavalo o que tenho uma saudade enorme e ao ver os seus póneis, (Meu Deus eles são tão lindos, Adorei), imagino a alegria dos filhotes a passear com eles, não tem explicação a sensação de liberdade que se sente. E as ovelhinhas, Manuela, apeteceu saltar daqui para dentro do pc e encher de mimo. Até parece que senti a sensação da lã na minha mão, nós não tivemos mas tínhamos um vizinho que tinha um rebanho e nós íamos sempre ver os bebés.
    Actualmente vivo na cidade, mas sempre transmiti aos meus filhos os conhecimentos rurais e o prazer de tocar num pintainho e em coelhinhos pequeninos, de tal maneira o fiz que eles andavam sempre a dizer que nunca tinham visto. Neste Verão fomos a casa de um casal amigo que tinha precisamente as duas coisas , devia ter visto eles estavam eufóricos, disseram que nunca pensavam que era assim.
    No entanto e desde pequeninos os meus filhos sempre tiveram contacto com animais, porque vão sempre para a terra nas férias e lá há de tudo um pouco, desde o ir à casa da vizinha comprar 1l leite que foi acabado de ordenhar, ou ir à outra comprar uma dúzia de ovos.
    Isto porque actualmente os meus pais já não têm animais, porque assim têm mais liberdade para vir a nossa casa.
    O meu filho então esse é mais que a minha filha, ele é todo 100% por animais de tal maneira que faz voluntariado numa Associação aqui por estes lados. Ela como é mais manienta é toda cheia de esquisitices não quer. Nem dos nossos dois gatinhos ela trata, para ela os animais é só ter ao colo e fazer festinhas.
    Como vê dois filhos educados da mesma maneira, com as mesmas regalias e um tão diferente do outro.
    Manuela tudo isto me saiu porque Adorei o seu post, imagens lindas, fotos espectaculares. Muito obrigado pela sua partilha, são imagens inesquecíveis, mas tenho de sair isto já é um comentário enorme, é uma vergonha.
    As minhas desculpas
    Passem um bom fim semana.
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paula, eu gostei muito de ler o seu comentário! Muito obrigada! É sempre com grande satisfação que constato que existem pessoas que partilham principios de vida iguais aos meus! Tenho a certeza que os seus filhos um dia serão adultos muito bem formados! E isso é aquilo que desejamos para os nossos filhos, não é?! Sabe, julgo que tivemos uma infância parecida... e isso reflecte-se na forma como depois se encara o futuro... Habitualmente também resido na cidade, mas sempre que posso fujo para estas bandas:) Um bom fim de semana, um grande abraço!

      Eliminar