sábado, 28 de fevereiro de 2015

Com sabor a hortelã...


     Olá!

     Se nos dias quentes as refeições ao ar livre são um desafio para a imaginação, nos dias mais cinzentos e ensombrados pela chuva, a varanda serve para acolher uma pausa para um café, que hoje teve inspiração nas ervas aromáticas. Gosto de as ter na horta, ou em alternativa envasadas, para dessa forma poder usufruir da sua função decorativa. Pequenos detalhes, pequenos prazeres. A natureza na sua simplicidade, para quem não dispensa o perfume suave das plantas!

      Hoje com hortelã...







     Um café servido na varanda, com bombons de chocolate confecionados cá em casa,  recheados com avelãs que todos os anos são oferecidas pela madrinha de uma das minhas crianças.






     Um momento de pausa, com pequenos apontamentos, que podem marcar a diferença. Manias...






     Depois basta deixar a preguiça tomar conta, num ambiente que convida à sesta e ao sonho. Enquanto isso, até a chuva que cai parece não incomodar. Porque no campo é assim...





 
     Bom fim de semana,


      Manuela

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Descomplicar na hora de receber...

     Olá!

     Dizem por aí que os portugueses são gente hospitaleira, que são um povo acolhedor que sabe receber com cortesia e simpatia. É o que dizem...
Por mim digo que sim e que a nossa ancestral arte de bem receber é simples, e na maioria das vezes traduz-se num simples olhar, num cuidado, para que a outra pessoa se sinta esperada e verdadeiramente acolhida. Cultivar essa tal arte, surpreender as nossas visitas, ou simplesmente quem vive conosco é o desafio. Ou mania.

     Neste sábado ensolarado, uma mesa em total desacerto de objectos, padrões e texturas...

      




   Para mim é sempre um prazer receber amigos e familia. Gosto que as pessoas se sintam à vontade como se estivessem na sua própria casa. Para isso há detalhes que não descuro... 





     Descobrir o gosto pela mistura, pode resultar num contexto decorativo interessante e visualmente apelativo. À mesa, essencialmente em tons claros, juntaram-se pratos e talheres diferentes. A toalha foi escolhida a preceito, assim como os pequenos agrados para as visitas.




     A toalha em tons pastel, exibe chávenas desenhadas, que a tornam quase numa peça artística!







    Quando as visitas aparecem de improviso, a ideia é transformar aquele almoço simples em algo mais especial... e descomplicar.






     Os talheres de familia, em jeito de " um de cada nação", são a melhor opção para uma mesa que se pretendeu propositadamente diferente.





       Afinal... nós os portugueses, somos ou não gente hospitaleira?!

      Um abraço!

      Manuela

      

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Decorações "enamoradas"...

     Olá!

     Neste sábado cinzento e com muita chuva, os ambientes querem-se "enamorados"! No dia de São Valentim, dia dos namorados, há pequenos detalhes que pela simbologia tornam este dia num dia especial. O vermelho ardente, corações a transbordar, e tudo o que possa ser alusivo ao Amor têm necessáriamente de estar presentes...

     






    Cabem neste dia todos os ingredientes adequados, desde jantares românticos, flores, ou simplesmente viajar pelo mundo da fantasia! 





     O vermelho tem o dom de, num instante dar cor e transformar um qualquer espaço num aconchego apetecível...
   




        Objectos de madeira, o vermelho,  o verde da natureza, são essenciais para criar um cenário de inspiração campestre, personalizado à medida de quem mora nesta casa. Depois, basta usar a imaginação para "inventar" este dia.





     Desejo a todos um fim de semana cheio de Amor!

    Manuela.