segunda-feira, 29 de julho de 2013

Em laranja...

          Olá!

    
          Eu, rapariga do campo (ao fim de semana..) me confesso: sempre sonhei que um dia iria ter uma casa de campo. E quando isso aconteceu, foi um dar vazão a uma mistura de ideias decorativas que tinha em mente... Porque o bom das casas de campo é isto mesmo: é ousar, é criar, é misturar! Aqui tudo se encaixa e tem o seu lugar.  Aqui, posso misturar as cores. Porque gosto, porque me parece bem, e porque sim. Aqui, gosto de preparar uma simples mesa para tomar café de forma acolhedora, e agradável à vista. Porque aqui, o tempo é gratuito e é só para  nós.







    Sempre achei que nas casas de campo tudo fica bem, até mesmo as loiças que se encontravam guardadas, porque na cidade não as usava. Eram os chamados tesourinhos "deprimentes" a que agora chamo tesourinhos "convenientes"! 
Também sempre achei que as casas de campo têm de ter muitos sofás grandes! E brancos... 
E depois as visitas insistem em perguntar: "mas... não é melhor colocar alguma coisa em cima? Os "meninos" podem sujar..." Naaaaa!!!! Nada de " panos" por cima!! Quando os sofás se sujam é só tirar as capas e lavar na máquina. Com sabão azul e se necessário for, com lixivia. E ficam tanto tempo a cheirar bem!  E depois, os sofás brancos permitem mudar os ambientes. Basta trocar as almofadas, a cor das mantas... E cá em casa, estas são trocadas conforme as estações.  




      



         Mais detalhes: caixa branca que adoro! Gosto de caixas, caixinhas e caixotes!! Manias....Dentro estão guardanapos de pano pequeninos,  prontos a usar com o café, porque aqui há sempre visitas inesperadas mas bem vindas.









     

    Bom fim de semana!

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Ambientes tranquilos...

         Olá!

      
      Convido-vos para um momento de tranquilidade e descanso. Um daqueles momentos, em que ainda que por instantes é o sonho quem comanda este final de tarde... Um pôr do sol, um encontro com amigos ou simplesmente um fim de tarde passado com os meus! Sem pressas, "cem manias" e sem pensar naquilo que ainda está por fazer...



       Porque gosto de ambientes não convencionais, simples e bonitos, de preferência ao ar livre...




         Uma das muitas mantas da querida bisavó...





       Detalhes!





         E a cumplicidade de um bom silêncio!





        Até o sol visto por  entre a rede parece mais bonito e a brisa que corre entre as folhas  parece murmurar algo baixinho....




          Ideias fáceis de recriar.... basta querer e sobretudo não complicar!





          Bom fim de semana!
          Tudo de bom...

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Mesa com preto

         Olá!
       Hoje começo por agradecer a todos vocês que visitam este blog de "forma silenciosa", para usar as palavras de uma leitora chamada Margarida, e que me deixou um comentário tão, mas tão lindo, e a todos os que vão tendo a paciência de deixar comentários sempre tão gentis! Obrigada! Porque este blog não é  apenas meu, é também vosso! E acreditem que é um prazer partilhá-lo com pessoas que comungam dos mesmos gostos e "manias"...

        Então é assim, julgo que já perceberam que uma das minhas "cem manias" são as mesas, o gosto em receber - sim, acreditem que as portas por aqui estão sempre abertas- e esta minha mania já faz parte dos hábitos cá de casa. De tal forma, que tudo serve de mote para sentar à volta da mesa! Seja para um simples almoço na cozinha ( porque gostamos das refeições fartas na cozinha, com todos a falar ao mesmo tempo, onde as risadas se misturam com os ralhetes da Mãe, quase, quase no modo daquelas famílias italianas que se juntam à volta da mesa sempre no meio de grande barulho e muita conversa!!!), seja para um jantar mais requintado na sala, ou até ao ar livre quando o tempo o permite...
   

     



   Tenho para mim que no campo as toalhas não têm necessariamente de ser aos quadrados vermelhos ou verdes.  Uma simples toalha aos quadrados pretos e brancos, de inspiração campestre, pode vestir a mesa de forma simples e elegante.




           Num canto da mesa já está o tabuleiro preparado para o café dos papás... e aqui  destaque para uma velha cafeteira que pintei de branco.






        E  a alface, acabada de apanhar na horta...






           Gostaram?! Mostrem-me também as vossas mesas!! Tenho a certeza de que também nas vossas casas há ideias giras para partilhar...




   
        Pois é, tenho de ficar por aqui...

         Hoje com Fernando Pessoa,

        " (...) Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível (...)"

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Ambientes...

             Ar livre, muito verde, regato de água a correr, chilrear dos pássaros e alguns detalhes sustentam a tranquilidade que se respira neste lugar... Um dos muitos recantos e cantinhos que este lugar mágico possui e que a cada dia que passa me encanta mais!




        Por todo o lado fomos plantando há alguns anos muitas hortênsias e árvores de fruto, que foram crescendo um pouco por todo o lado...



         Daqui levamos lenha para acender as lareiras no inverno... e por vezes há um ou outro tronco que não deixo ser queimado e fica a servir de  "mesa de centro" nesta sala encantada!



       E é nestas belas mesas de centro que por vezes são feitos piqueniques e servido o chá aos convidados, ou à minha gente! Sempre com sorrisos no olhar como que a dizer" a Mãe tem cá cada uma..."



          Este lugar dá-me paz e tranquilidade e faz o contraponto com a minha personalidade agitada...



        Perguntam-me às vezes se isto não dá trabalho.... E dá! Muito trabalho.... mas tenho para mim que tudo na vida dá trabalho!! A alternativa é... deixar que a vida nos passe ao lado! Por mim, prefiro ter o trabalho...



         Há uns anos atrás não usava estas loiças, porque naquela fase achava tudo isto muito " kitch"!! Mas agora, e sobretudo neste ambiente de campo acho que se integram perfeitamente...



          O açucar apresenta-se vestido de glamour...para que o sabor seja redobrado....



        Como que a dizer à chávena que o actual convive em perfeita harmonia com o antigo...
        


         As bolachas servidas na queijeira, nesta minha "mania" de dar utilidade diferente às coisa...



        O chá quer-se saboroso, de preferência gelado e servido com folhas de hortelã...



        Sirva-se...



        O bule a evocar um estilo romântico...



        Os panos da bisavó  num estilo campestre...



         Quase a dizer "estamos no sitio certo"....



        A almofada... como convém a um espaço de repouso e de lazer...



         Tudo numa fusão ou mistura desordenada(!!) de estilos...



        O verde a encher o olhar...



       O barulho da água a correr... enche a alma e aconchega os sentidos!



        Tudo a par! Porque a vida a dois faz sempre mais sentido!! E a um, também!! Porque as vidas não são todas iguais nem obedecem a critérios únicos!



          As chávenas.... talvez num estilo provençal....



        As colheres... num estilo mais clássico....



         E as argolas de guardanapos?!  A minha perdição, aqui num estilo mais... sofisticado?!



         Tudo na tal fusão (ou confusão!!) de estilos!!!  Resultado? Um ambiente bonito, com um toque feminino mas onde sobretudo impera a ideia de "zona do nosso conforto" e da qual eu não quero sair!! Porque definitivamente este é um sitio para ficar!




          Então deixo-vos com este mix de estilos, sem estilo!!! Misturem tudo... porque os ambientes querem-se personalizados com a cara da gente!! Manias!!



            Obrigado pela V/ companhia!!Voltem sempre...